CHEGA DE SOLIDÃO ( Parte 16 ao 23)

 

 

16. Jamais perca a esperança.

Meus filhos e minhas filhas! Jamais percam a esperança. Mesmo sabendo que vocês já passaram por experiências verdadeiramente amargas no caminho para encontrar a segunda metade, saibam que D-us não te abandonou. Fortaleçam os seus corações, rezando para D-us diariamente. Então verão as maravilhas e os milagres que D-us fará por vocês. Talvez você já tenha rezado a D-us, mas ainda está sozinho. Saiba, contudo, que oração alguma foi desperdiçada. Continue a rezar. Acredite que D-us toma cada palavra que você diz para Ele e a guarda em Seu tesouro. Estas orações serão eventualmente dirigidas (por D-us) para fazer efeito em sua vida após o casamento, ou para auxiliar os teus filhos e os filhos dos teus filhos. Cada uma das tuas orações será de grande benefício para ti e para tua descendência. Por isso, nunca perca a esperança na eficácia das tuas orações. Teus auxílios estão prestes a vir.

17. Forçar a situação e ser forçado de volta por ela.

Meus queridos filhos e filhas! Encontrar a vossa metade requer uma grande dose de paciência. Não apresse as coisas. Nossos rabinos disseram, "Quem força uma situação no final ver-se-á forçado por ela" (Berachót 64a).  Se a pessoa exige se casar já, neste exato momento, acabará sofrendo problemas, porque a situação se voltará contra ela, colidindo com experiências amargas, que a confundirão e desencojarão.  Contrariamente, às vezes a pessoa se torna tão amargurada sobre encontrar a sua metade, que acaba se desesperando por jamais ter se casado, deixando sua vida cair em pedaços, vagueando por aí sem destino, deprimido e apático – e isto, nossos rabinos disseram,  "leva ao desequilíbrio emocional e à lascívia" (Ketubot 59a).  Por isso, meu querido irmão judeu, saiba que no caminho para encontrar tua outra metade, a paciência é a essência. Não se perca por coisa alguma deste mundo.  Nossos rabinos disseram, "Todos os dias uma voz clama dos céus, ‘Este homem está destinado a casar com esta mulher’ (Moêd Katan 18)”. Não teria sido suficiente para esta voz dizê-lo somente no dia do nascimento de cada um deles? Por que ela precisa repetir isto todos os dias? A resposta é que isto serve como estímulo para lembrar às pessoas que existe de fato alguém esperando por elas, e que jamais devem se desesperar, não importa quais sejam as circunstâncias.

18. As pessoas podem te aconselhar…

Meus queridos filhos e filhas! Mesmo que seja muito difícil para vocês encontrar o parceiro, jamais se deixem abater. D-us tem um profundo objetivo ao arranjar as experiências da tua vida, e o verdadeiro caminho é rezar a Ele. Eleve os olhos somente a D-us. Rogue a Ele que te redima dos teus problemas. Qualquer conselho (independente disso) é vão e falho.  As pessoas podem tentar te aconselhar que, para encontrar o teu parceiro, tua parceira com mais facilidade, você deve se vestir desta ou daquela maneira, persiga determinada carreira; ou associe-se a este ou aquele grupo.  Obviamente, um judeu deve agir da maneira adequada à tradição judaica. Fora isso, todos os conselhos são ilusórios. Nada é tão difícil quanto encontrar uma esposa e nada está tão fora do controle humano, e tão diretamente sob as mãos de D-us.  Nossos rabinos dizem que encontrar uma esposa é tão difícil, que quando este tema aparece na Torá, a participação de D-us é enfatizada (Midrash Shochar Tov, Salmos 57). Encontrar a esposa não depende da ajuda humana, mas somente de D-us.    Por isso, fortalece e ti mesmo de vários modos; jamais deixe a falta de estímulo penetrar o teu ser. Encontre refúgio em D-us todos os momentos. Não procure conselheiros que lidam com talismãs e afins. Pelo contrário, siga os conselhos que fluem dos ensinamentos de Rabi Nachman de Breslav. Rabi Nachman desceu até as profundezas das matérias até aprender a raiz de cada causa. Compreendeu bem a psique humana, suas necessidades e o que a satisfaz. Por isso, ouça seu conselho. D-us não te desapontará; VOCÊ ainda verá a sua redenção.

19. Oferendas dos Príncipes

Meus queridos filhos e filhas! Que doloroso deve ser para vocês por ainda não terem encontrado o vosso par – por ainda estarem sós; por ainda estarem incompletos.

Inclinem vossos corações para o conselho de Rabi Nachman de Breslav: "Se uma pessoa tem dificuldades em se casar, deve recitar regularmente a passagem das oferendas dos príncipes de Israel" (Sêfer Hamidot – Casamento 10). Ouça estas palavras de Rabi Nachman. Recite esta seção da Torá diariamente, acompanhada da oração que a segue. D-us não te abandonará em desespero. Pelo mérito de Rabi Nachman e de seus sagrados conselhos, você terá o mérito de ver tuas preces atendidas. (Recite o trecho abaixo após a passagem da oferenda dos príncipes de Israel – que está no Livro Bamidbar [Números] 7:1 até 7:89)

Seja a Vossa vontade, ó D-us, que eu encontre meu verdadeiro Zivug, que tem a conexão genuína com a minha alma, pelo mérito de haver recitado a oferenda dos Príncipes.

Teu grande Tsadik nos disse que se uma pessoa tem dificuldade em encontrar sua outra metade, deve recitar esta passagem.

Mestre do Universo, eu fiz a minha parte e li esta passagem. Agora, por favor, faça a Tua parte e traga minha metade, aquela que o Senhor destinou para mim. Que não haja trocas, D-us o livre, e que eu me case com a pessoa certa para mim. Que eu possa encontrar minha outra metade com facilidade – sem problemas, sem discussões e nem ressentimentos.

Que eu possa ser auxiliado pelo mérito dos doze príncipes que Te consagraram oferendas. Somente Tu, D-us, conhece os grandes segredos que envolvem este ato, do qual nossos rabinos disseram: "Se estes doze príncipes não te trouxessem suas oferendas, o mundo não poderia se sustentar diante da acusação celestial dos doze príncipes de Ishmael" (Zôhar, Nassó 148a). Os "príncipes de Ishmael" tentam encontrar falhas em cada judeu, e, em particular, em mim. Sei que agi erroneamente e pequei propositadamente. Tropecei repetidamente, e fiz descer os "traços de Ishmael", da impureza sexual. Agora estes “príncipes de Ishmael” me acusam nos céus, e por isso me é tão difícil encontrar a pessoa certa para casar.

Por isso, meu pai celestial, aja em Tua honra e pelo mérito dos teus 12 príncipes, sobre cujas oferendas de consagração recitei. Ajuda-me a anula todas as acusações contra mim, que provenham da influência celestial de "Ishmael". Que eu possa encontrar o meu verdadeiro Zivug, e que eu possa me casar com alegria e felicidade.

Que jamais nos divorciemos, pois o próprio Mizbêach (Altar) chora quando um casal se divorcia (Guitin 90b).

Que eu possa obter tudo isto pelo mérito da consagração das oferendas dos príncipes.

Meu Pai celestial, tenha pena de mim. Ajuda-me e a me anular completamente diante de Ti.

Que eu não confie em gente de carne e osso, mas somente em Ti. Este foi o nível alcançado pelos doze príncipes, que se anulam diante da Tua luz infinita. Nossos rabinos disseram, "Eles foram chamados de príncipes, porque reconheciam apenas a verdade Divina" (Jerusalém Talmud, Horayot 3:1).

Possa eu então ser iluminado pela Tua luz infinita; que eu não reconheça ninguém e força alguma, senão a Ti.

Tu és D-us, misericordioso e gracioso, paciente, terno, verdadeiro, que age com amor a muitos milhares, perdoando o transgressor, o pecador o malfeitor.

Ó D-us, tenha compaixão de mim. Perdoa meus atos errôneos. Que eu esteja livre de pecados assim como os príncipes, de quem teus rabinos disseram, “Eles não participaram do pecado do bezerro de ouro nem de outros pecados" (Pirkei Derabi Eliezer 45).

Que eu esteja sempre ciente da Tua presença.

Que eu jamais confie em ser humano algum, mas somente em Ti, hoje e sempre, Amén.

 

20. Kidush Levaná – a benção da Lua Nova

Uma forma particularmente eficaz para o homem avançar suas pretendentes ao matrimônio é recitar a benção mensal “Kidush Levaná”, consciente de que está diante da Presença Divina.

Rabi Nachman of Breslav  disse: "Recitar a benção da Lua ajuda o homem a encontrar sua esposa. Uma alusão a este efeito está na palavra Lua – Levaná, cujas letras contém a afirmação talmúdica: ‘As moças [virgens] devem se casar numa quarta-feira (Betulá Niss´et Leiom Harevi’i – a primeira letra de cada palavra é rearranjada par formar a palavra: LeVaNaH – em Hebraico o ‘v’ intercambia com o ‘b’)" (Sêfer Hamidot – Casamento 2).

Quando recitar a bênção da Lua, peça a D-us para que você possa encontrar a tua esposa. A tradição judaica compara a mulher à Lua. A renovação da Lua no início de cada mês judaico é um momento especialmente propício para pedir a D-us que te ajuda a encontrar a outra metade.

Similarmente, os doze príncipes, que trouxeram as oferendas de consagração ao Tabernáculo representam as doze Luas novas do ano (Licutê Halachót, Rosh Chodesh 6:6); Cada mês corresponde a um destes príncipes. Estes príncipes também são identificados com a energia espiritual que retifica falhas de justiça e, também, previne distorções espirituais no coração das pessoas.

Quando uma pessoa enfrenta dificuldades para encontrar sua esposa, o coração começa a se distorcer. Ele começa e encher-se de perguntas e questionamentos sobre D-us. Seu estado de fadiga pode acometê-lo de tamanha incerteza que o derrubarão de sua fé.

A pessoa se pergunta: como pode ser que seus amigos já se casaram e ela continua solteira? Perguntas como esta consomem seu coração.

Como retificação para isto, a oferenda de cada príncipe corresponde a um dos meses do ano, e representa o fortalecimento do coração da pessoa, até ela não ter mais dúvidas sobre a Providência Divina.

Este nível é especialmente acessível no momento da benção da Lua.

O Zôhar diz: "No quarto dia da Criação, a Lua foi criada, conquanto imperfeita. Esta imperfeição a tornou vulnerável ao ataque de espíritos destrutivos e impuros." (Vaishlach 169b).

Por ser análoga à Lua, a mulher também é suscetível a estes ataques, que impedem o percurso da justiça (e de um homem encontrar sua esposa). Quando ele a encontra, contudo, anula todos estes espíritos. Por isso, quando recita a benção da Lua (e pede a D-us para que esta imperfeição seja corrigida), está ajudando a anular os espíritos destrutivos que separam você do teu verdadeiro par. Peça para que a imperfeição da Lua, que foi criada numa Quarta-feira, seja aperfeiçoada, e que então você possa encontrar a tua esposa – que segundo nossos sábios, deve se casar numa quarta-feira. Desta forma, você chega até a raiz desta imperfeição e a corrige, assim uma Quarta-feira de imperfeição será retificada e se transformará numa Quarta-feira de alegria e jubilo – ou seja, o teu casamento.Portanto, quando recitar a benção da Lua, tenha em mente o encontro da tua esposa, e recite também esta prece:

Mestre do universo, assim como estou na Tua presença recitando a benção da Lua, ajude-me a me aperfeiçoar e a encontrar minha esposa.  Que a luz da Lua se torne como a luz do Sol, e que o Sol e a Lua – que são a minha alma e a da minha esposa – possam se unir novamente.  Que possamos nos casar e ter filhos saudáveis e bem criados, que não sofram enfermidades e dores, mas fortes e bem sucedidos durante todas as suas vidas. Que seus olhos estejam sempre iluminados pela luz da Tua sagrada Torá. Que seja esta a Tua vontade, Amén.

21. A canção após a Divisão do Mar Vermelho

Todos os dias recitamos na oração matutina (Shacharit) o "Az Yashir" – a canção entoada pelos judeus após o evento da Divisão do Mar Vermelho (Êxodo 14). Quando recitar este poema, faça-o com intensa emoção.

Rabi Nachman de Breslav disse: "A pessoa que enfrenta problemas em encontrar sua parceira deve recitar ‘Az Yashir’ com intensa emoção" (Sêfer Hamidot – Casamentos 1)

Quando recitar esta canção, imagine-se passando em meio às águas durante a própria travessia do Mar Vermelho, e que está entoando este cântico a D-us em gratidão pelo milagre por Ele agora operado.

O Zôhar louva esta canção, afirmando que " ‘Az Yashir’ é superior a todos os outros cânticos" (Terumá 131a). O Zôhar aponta também para a profundidade mística de ‘Az Yashir’, afirmando que "esta canção foi tecida com as vinte e duas letras do alfabeto Hebraico, que ela corresponde aos Dez Mandamentos e expressa os nomes sagrados de D-us" (Beshalach 60a).

Por isto, entoe este cântico a D-us diariamente, como se estivesse entre os judeus que naquele momento passavam por entre as águas divididas do Mar Vermelho. Naquela hora, nossos rabinos disseram, “A presença de D-us foi revelada… sob o aspecto de um ‘jovem rapaz, por assim dizer’” (Midrash Rabá, Shemot 1:16). Então, "as mulheres justas foram as primeiras a notar Sua presença" (Midrash Rabá Shemot 1:16).

Recite este poema exatamente como se você estivesse atravessando o Mar Vermelho neste exato momento. Então você terá o mérito de encontrar sua outra metade. Assim como as mulheres justas foram as primeiras a se tornarem conscientes da presença de D-us, você também reconhecerá teu verdadeiro par.

22. Os Portais de Lágrimas nunca se fecham.

Meus queridos filhos e filhas! Por favor, façam um esforço e rezem a D-us todos os dias pelo seu próprio bem. O eco que uma prece faz nos céus é insubestimável e acima da compreensão humana. Em particular, quando a pessoa chora, suas preces penetram todos os veios e passam por todas as fendas. Nossos rabinos dizem: "os Portais de Lágrimas nunca se fecham" (Berachót 32b).

O Tanach testemunha que Chanah "orou demoradamente" (Samuel 1:1) por ter um filho, com o quê foi agraciada. Nossos rabinos concluem: Aqui vemos que se uma pessoa reza extensivamente, ela será atendida. (Jeremias, Talmud Berachót 4:1).

Nossos sábios afirmam: "As orações das pessoas justas são comparáveis a uma corça. Assim como os chifres da corça se ramificam durante toda a sua vida, enquanto o Tsadik estiver rezando, suas orações estarão sendo ouvidas" (Yoma 29a).

Em particular, se você ainda não encontrou sua outra metade e sente a alma retorcida de tanta amargura, fortaleça-se rezando para D-us. Tuas preces certamente receberão atenção Divina.

Nossos rabinos dizem: "Quando uma pessoa se curva diante de D-us, suas orações não são rejeitadas – como diz o versículo, ‘D-us, Tu não rejeita um coração alquebrado’ (Salmos 51)" (San´hedrin 43a).

Reúna forças para rezar constantemente a D-us. Peça a Ele para teu ajudar. Tua redenção depende unicamente de D-us, mais ninguém. Não deixe tua má inclinação te enganar, fazendo pensar que teu Zivug está nas mãos de uma casamenteira ou amigo. Teu casamento está somente nas mãos de D-us – e Ele tem agentes diversos para fazer Seus planos acontecerem. Não trate estes agentes como elo principal entre você e tua futura esposa, relegando a ação Divina a um segundo plano.

Volte-se somente para D-us. Então você será auxiliado, e realmente encontrará tua futura companheira. Isto é especialmente verdadeiro se rezar para D-us por quarenta dias consecutivos.

Uma poderosa e maravilhosa prece para ser recitada diariamente:

D-us Supernal e Bondoso, cheio de compaixão, sê gracioso e tenha piedade de mim. Olhe para o meu sofrimento e perdoe meus erros e pecados. Já falhei em todo o tipo de aos errôneos; tropecei em inúmeros caminhos (conte em voz alta e com tuas próprias palavras aonde tem falhado). Tenho errado como uma ovelha desgarrada. Devolva-me ao meu lugar. Mestre do Universo, eu já sofri, errei muito e não sei como avaliar ou contar todos os meus atos falhos. Meus  pecados me confundem e enevoam minha consciência. Como resultado, não sei como devo rezar para ti. É tão difícil expressar os problemas que sobrecarregam o meu coração.

Meus problemas são tantos que não haveria tempo para descrevê-los. Minha dor é imensa e meu coração se sente pesado. Mas meu espírito queima dentro de mim e não posso mais deixar de dizer o que sinto. Por isto, direi ao menos estas palavras.

D-us, você criou, modelou e trouxe minha alma para este mundo. A trouxe do mais alto nível espiritual para o mundo físico, da ação. Nascei dos meus pais e eles me criaram. Mas tudo o que passei desde a minha infância até hoje só Tu sabes, D-us.

Agora sou adulto, e as paixões despertaram no meu corpo. Mas eu não consigo encontrar minha alma metade.

Vagueio sem destino certo e minha vida é tão amarga. Meus pecados fizeram com que perdesse minha parceira. Não consigo encontrar minha parceira e sinto-me em cacos, como um pote de cerâmica atirado ao chão. Meus sentimentos me esmagam. Sinto-me rejeitado e deprimido.

O que posso dizer? Que palavras eu tenho? D-us, Tu revelastes os meus atos errados. Agora, para onde me dirigirei em busca de ajuda? Quem compreenderá meu coração partido? Quem compreenderá meus pensamentos infelizes? Quem compreenderá minha alma amargurada? Sou apenas um meio corpo; oco e vazio de bondade. Estou sem Torá; sem alegria; sem bondade; sem um lar; sem uma parede envolta de mim; E sou tão imperfeito.

D-us cheio de compaixão, eu me sinto tão quebrado que não consigo Te dizer tudo o que está acontecendo comigo.

Mas se eu pudesse te falar, todo o papel do planeta não conseguiria conter uma gota de toda a confissão, das orações e apelos que teria de fazer a Ti pelo meu passado, meu presente e meu futuro.

Mas o que posso fazer? Minhas palavras estão travadas. Mesmo assim, Mestre de tudo, venho diante de Ti. Tu, que tens piedade do pobre; Tu que é bom para com todos – tenha misericórdia de uma pessoa desafortunada como eu,  uma pessoa despedaçada como eu, uma pessoa enlameada e impura como eu. Tenha compaixão de mim para que eu possa encontrar minha segunda metade e me casar.

Que nós possamos nos casar e viver juntos com amor e harmonia. Que não tenhamos mágoa um do outro. D-us, cheio de compaixão, tenha piedade de mim. Veja como o meu coração está despedaçado. Veja como eu me sinto sem estar casado. Somente Tu sabes que não há sofrimento maior do que não conseguir encontrar nossa outra metade; e que uma pessoa neste estado está sempre envolvida em atos errados; que todo o mundo está escuro para ela.

Em particular, eu, que sou tão pequeno e desafortunado, já caí tantas vezes em pecado. E não tenho idéia de como me livrar desta situação. Todas as saídas parecem estar fechadas para mim. Não consigo ver o caminho que me leve à liberdade.

D-us, fiel Rei, só Tu conhece a raiz da minha alma. Só Tu sabe quem é minha verdadeira parceira.

Tenha piedade de mim. Faça as coisas acontecerem para que eu encontre minha parceira, e que nós possamos nos casar e erguer um lar judaico.

Sei que por causa dos meus erros eu desperdicei o meu bem.

Mesmo assim, meu Pai celestial, a Tua compaixão é grande; Tua piedade é infinita. Estenda a mim a Tua compaixão e a Tua bondade. Salve-me dos meus problemas. Envia a minha verdadeira parceira.

Que eu não me case com a pessoa errada, D-us o livre, dá-me a minha verdadeira parceira.

Assim poderei cumprir minha missão neste mundo. Que eu possa ter crianças boas e saudáveis; e que eu possa cumprir a Tua vontade, de agora em diante – que esta seja a tua vontade, Amén.

Uma poderosa prece para recitada diariamente e encontrar a parceira:

Mestre do Universo, ajude-me por favor a encontrar minha verdadeira parceira. Que os meus atos errôneos não me conduzam a casar com outra pessoa, D-us o livre, nem a me divorciar, D-us não o permita. Que eu possa me casar somente com minha verdadeira parceira, aquela que combina com a minha alma.

Ó, D-us , trata-me com compaixão.

Não olhe para todo o mal que já fiz, e todo o bem que já destruí. Não me puna pelos meus atos errôneos e desvios.

Ajuda-me a encontrar minha verdadeira esposa.

Tenha pena de mim e salve-me de pensamentos impuros.

Guarde-me e salve-me da má inclinação e seus conselhos perniciosos.

O que devo fazer, Mestre do Universo? Estou pronto e desejo, neste momento, casar-me e salvar-me da má inclinação que arde dentro de mim. Mas o que eu posso fazer? Ainda não encontrei minha verdadeira parceira. Mestre do Universo, por que tenho que viver deste modo? Por que tenho que ficar o dia inteiro com pensamentos indevidos rondando minha mente e com meus próprios ossos apodrecendo?

Tu sabes que estou pronto para casar hoje mesmo. Mas o que posso fazer se não tenho uma parceira? Espero pelo melhor, mas sinto-me rejeitado. Espero e espero, e rogo a Ti por meses e anos a fios. Mesmo assim, não tenho o menor sinal de resposta.

Mestre do Universo, por que tenho que continuar a ser punido pelos meus pensamentos impuros e sentir minhas entranhas ruir por dentro?

Mestre do Universo, isto já não é castigo suficiente? Estou sofrendo nas mãos da má inclinação que arde dentro de mim e que cada dia que passa em faz cair mais e mais, como só Tu sabes.

Meu Pai Celestial, ajude-me a ser paciente e suportar tudo pelo que estou passando.

Ajude-me a não ter questionamentos contra Ti, D-us o livre, mas a ser pleno da mais pura fé e que eu reconheça que não existe nada senão a Tua realidade, que nada é independente de Ti; e que tudo no mundo depende da Tua vontade. Por isso, não há razão para que eu sinta o meu espírito quebrado.

Ajude-me, para que deste momento em diante eu comece a retornar para Ti.

Já passei por tantas mortificações, testemunhando meus  próprios pecados minhas próprias manchas, fruto da minha natureza sexual.

Meu coração é cheio de ressentimento, por ver todos os meus amigos casados enquanto eu permaneço sozinho.

Pelo mérito da minha vergonha, por favor, ponha um ponto final nos meus problemas. Pelo mérito do meu coração quebrado, por favor, ajude-me a encontrar minha outra metade.

Teu próprio grande Tsadik nos disse que pelo mérito da humilhação, a pessoa pode corrigir todo o seu passado encontrar seu verdadeiro par.

Mestre do Universo, por favor, ajude-me a casar e a nunca discutir com minha esposa, D-us o livre. Que nós dois vivamos sempre juntos em paz e amor. Que possamos ter filhos e filhas, que criaremos nos caminhos da tua sagrada Torá.

Por favor, ajude-me a formar um lar harmonioso e que eu jamais me divorcie, D-us o livre. Ajude-me para que em meu ler eu e minha esposa sempre ajudemos um ao outro. Ajude-me a saber ceder e a não ser avarento. Que meu lar seja repleto de alegria e que saiba alegrar sempre a minha esposa, para que meu lar brilhe de felicidade. Que eu possa ter filhos e filhas saudáveis e fortes. Ajuda-me a ter sempre hóspedes em minha casa. Que meu lar seja visitado por estudiosos de Torá e por pessoas pobres. Que eu seja um anfitrião generoso e haja com graciosidade. Mestre do Universo, tenha compaixão e piedade de mim. Por favor, aceite minhas preces com amor, pelo mérito dos santos Tsadikim que já partiram deste mundo, em particular em mérito do nosso mestre sagrado, Rabi Nachman, filho de Feiga, possa seu mérito nos proteger – agora e sempre, Amén.

23. D-us é Pai misericordioso

Meus queridos filhos e filhas! Estejam sempre conscientes que D-us é cheio de amor e que Ele trata cada um de nós com compaixão.

Diz o salmista; "Sua compaixão se estende a todas as Suas criaturas" (Salmos145). Sobre isto nossos rabinos comentam: "As qualidades e atos Divinos são todos plenos de compaixão." (Midrash Rabá, Shemot 2: 1).

Confie somente em D-us e em sua compaixão. Pelo mérito das orações profundas e cheias de sentimento que você despeja diante Dele, Ele te ajudará. Nossos rabinos disseram: "No momento em que Moisés soube que a  compaixão é uma característica Divina, ele se cobriu com um xale e começou a rezar" (Tana Devei Eliahu Zuta 6).

Meus queridos filhos e filhas! Saibam que D-us é nosso Pai misericordioso, Cujo desejo é que você peça a ele para te ajudar a encontrar a outra metade para se casar. Jamais desista do amor de D-us. Rabi Nachman de Breslav disse: "Quando uma pessoa clama pela compaixão Divina, ela consegue encontrar um ótimo matrimonio" (Sêfer Hamidot,  Compaixão II).

O mais importante é não perder as estribeiras. Jamais desista e não leve as coisas de forma tão pesada, pois isto também faz mal.

Acostume-se a ser paciente. Não apresse o que não pode ser apressado e não confie em gente de carne e osso. Olhe somente para D-us. Então você testemunhará tua grande redenção.

Feliz da pessoa que ouve estes ensinamentos. Feliz da pessoa que aguarda a sua hora. Feliz da pessoa que se realiza tanto neste mundo quanto no Mundo Vindouro, para todo o sempre, Amén.

 

 

Para obter esta e outras publicações Breslav, escreva para:

 Metivta Hechal Hacodesh Chassidei Breslav

1129-42nd Street

Brooklyn N.Y. 11219

U.S.A.

Em ISRAEL:

“Keren Hadpassá veHafatsá”

POBOX 8065Ashdod

Tel: 00 972 (3) 676-5235

Todas as doações são bem-vindas e dedutíveis de imposto.

 

                                                         http://www.tropicasher.com/

Anúncios
Esse post foi publicado em SABEDORIA. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s